12 de março de 2009

HIPERCOLESTEROLEMIA (Colesterol Alto)

Colesterol é um composto a base de gordura que naturalmente faz parte do nosso corpo. É uma substância essencial à formação das paredes celulares, além de ser utilizado na produção de hormônios. Há basicamente, dois tipos de colesterol, o HDL ( lipoproteína de alta densidade) e o LDL (lipoproteína de baixa densidade). O HDL, popularmente conhecido como colesterol bom é vital para certas funções biológicas, tem função antioxidante além de promover remoção do LDL das paredes das artérias e veias impedindo danos maiores. Os valores de referência para o HDL, são valores entre 40-60 mg/dl. O LDL, conhecido como colesterol ruim, se acumula nas paredes das veias e artérias, estreitando a passagem do fluxo sanguíneo, podendo entupi-las. Este colesterol é o responsável pela formação de placas de ateroscleroma que podem resultar em problemas cardíacos e acidente vascular cerebral. O colesterol alto só se manifesta em estágios mais avançados, desta forma recomenda-se exames de rotina para monitorar os valores. As causas não necessariamente são decorrentes de uma alimentação rica em gorduras e hábitos de vida não saudáveis, sabe-se que há casos de hipercolesterolemia congênita onde o organismo tem dificuldade de metabolizar o colesterol manifestando-se em níveis elevados. Para redução destes valores o ideal é trocar queijos gordurosos por queijos magros, leite integral pelo desnatado, carne vermelha por peixes e frango. Deve-se evitar frituras, doces gordurosos, molhos a base de creme de leite, manteiga e margarina. Óleos vegetais são boas fontes de gordura a serem consumidos, merecendo destaque o de canola, oliva, girassol e de soja. A alimentação deve ser rica em fibras oriundas de frutas, verduras e leguminosas. É importante manter-se o peso, praticar atividade física e evitar aumentos bruscos da glicose sanguínea, preferindo sempre alimentos integrais aos refinados (arroz branco, pão branco...). Abaixo seguem os valores de referência para o colesterol total para adultos com 19 anos ou mais:

Desejável < 200 mg/dl
Limítrofe 200 - 239 mg/dl
Elevado > 239 mg/dl
e se você: fuma, é sedentário, tem história familiar de doenças cardiovasculares, é homem com mais de 45 anos, mulher com mais de 55 ou é hipertenso, CUIDADO, seu risco pode ser aumentado!

Um comentário:

Cidinha disse...

Dra Bruna bom dia
Tenho um filho com 6 anos de idade e descobri que ele tem colesterol (219)
descobri porque pedi exames de rotina. Ele é uma criança que pesa 19 Kilos, não come alimentos com "besteiras", é de comer muito pouco. Gostaria de uma orientação sobre o caso.

Meu email;
comunalesilva@ig.com.br

Atenciosamente
Cida